Sexta-feira, 21 de Dezembro de 2007

Carta ao Pai Natal...

Querido Pai Natal,

 

Sou um criança chinesa...

Sou uma criança indiana...

Sou uma criança negra...

Sou uma criança árabe...

Sou uma criança europeia...

Sou uma criança americana…

Sou uma criança!

 

Pai Natal, por favor não me dês mais brinquedos, já não sei o que fazer com eles. Todos os anos a mãe e o pai recolhem os brinquedos dos outros Natais e oferecem aos centros de recolha... Alguns destes brinquedos, já estão um pouco estragados, mas como é para crianças pobres, não me importo...

 

Para este Natal, eu queria algo diferente e mais real, já estou farta de tantas fantasias. Até os brinquedos que vejo na televisão e no canal Panda são uma ilusão...parece que funcionam e nao é verdade...

 

Mas afinal o que eu gostaria?! Ah...

 

Pai Natal, este ano vou colocar na chaminé um saco grande do lixo, assim, pode pedir tudo o que me apetecer...

 

Vou então fazer a minha lista:

 

- Como sou chinesa, realiza o meu sonho de ser soldado a sério, para combater contra os inimigos e fazer parte da maior potência mundial.

 

- Com sou indiana, dá-me oportunidade de mutilar um dos meus membros para me tornar um mendigo, sabes que nesta altura há muitos turistas por aqui e posso ganhar umas boas gorjetas.

 

- Com sou negra e vivo na Somália, desejo a fome a guerra no meu país, se me desses uma arma ou poderia aprender a matar.

 

- Como sou uma criança árabe, não conheço o Natal, mas já ouvi falar em ti e sei que dás muitas coisas às crianças… Eu quero ser como o meu poderoso islâmico, quero morrer para matar os inimigos, por isso desejo que me dês força suficiente para eu me tornar um inconsciente…

 

- Como sou uma criança europeia, já tenho tudo… mas ainda me falta saber com acender um fósforo para provocar incêndios nas florestas…preciso de uma broca potente para fazer buracos nos navio de petróleo para o derramar nos oceanos, assim o papá e a mamã vão ter trabalho o ano inteiro na certificação do ambiente.

 

- Sou uma criança americana, por isso desejo para este Natal um beijinho do meu presidente Bush. Quero ser com ele quando for grande, porque os meus papás dizem que ele é uma referência para mim!

 

Pai Natal, como sou uma criança e este ano estou demasiado confuso com a prenda que tenho de dar à mamã e ao papá! A mamã diz –me para eu falar com o papá, mas eu só o vou ver no Dia de Natal, porque a véspera pertence à mamã este ano…

Sabes, pai Natal, não gosto nada disto, o que eu mais desejaria para este Natal era jantar na cozinha da minha mãe, com ela e com o meu pai. Os avós ficariam para depois, talvez no Dia de Reis.

Portanto, este Natal, não me enchas de prendas, só quero a mamã e o papá juntinhos a mim.

 

P.S. Dá carinho às outras crianças órfãs, pobres e doentes e às que estão a viver a infelicidade que eu vivo por não estar a viver com os meus pais juntos.

Não te esqueças dos avós que andam por aí abandonados.

Querido Pai Natal, já sei que estou a exagerar nos meus pedidos, são muitos e tens mais que fazer.

Um beijinho desta criança que sonha com o Pai Natal!

 

Escrito por Ana Jasmin

sinto-me:
1 comentário:
De Sara a 21 de Dezembro de 2010 às 10:42
Adorei esta carta ao Pai Natl. Muito obrigada. Vou envia-la aos meus amigos

Comentar post

.Quem sou?

.Junho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30

.Os mais recentes

. A Burka - Lágrimas que co...

. Partilhar em terras árabe...

. Curiosidades - Caganers

. O pior é se um dia acorda...

. Adolescentes de outrora ....

. Como vai ser o Ano 2008?

. Vamos reconstruir...

. Algumas sugestões de link...

. Carta ao Pai Natal...

. Um Natal com muito carinh...

.Prateleira

. Junho 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Julho 2007

.tags

. todas as tags

.Os meus preferidos

. Porque partiste?

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds